Atividade Materna

Atividades

Fisioterapia

Fisioterapia

FISIOTERAPIA ESPECIALIZADA NO ATENDIMENTO DE MULHERES NA GESTAÇÃO E PÓS-PARTO
A gestação e um período de mudanças intensas no corpo da mulher que necessitam de uma atenção e cuidado especial. A fisioterapia atua na prevenção de lesões, posicionamento, fortalecimento muscular, equilíbrio, coordenação. Sempre com um olhar único e individualizado onde cada gestação e mulher é única !

O pós parto vem com um turbilhão de emoções sendo tudo muito novo para a nova mamãe. Seu corpo está alterado após todas as mudanças da gestação e uma avaliação criteriosa fará com que tenhamos sucesso no tratamento de algumas situações, como: diástase abdominal, fraqueza muscular global, lanceração ou episiotomia gerando consequências no assoalho pélvico, incontinência urinária, entre outras.


PREPARAÇÃO DO CASAL PARA O PARTO
O curso prático de preparação para o parto é indicado a partir das 30 semanas (mas que pode ser realizado em qualquer idade gestacional) para os casais que desejam um aprofundamento no tema e desejam uma assistência adequada para o momento do parto.

O curso prático conta com uma parte dinâmica com as fichas de todas as fases do trabalho de parto e parto. Depois com informações sobre respiração, assoalho pélvico, posições de trabalho de parto, técnicas de alívio de dor não farmacológicas e plantão de dúvidas.


PILATES SOLE ESPECIALIZADO PARA GESTANTE
Gestantes tendem a apresentar fraqueza dos músculos abdominais e do assoalho pélvico devido à ação hormonal, estiramento excessivo e ao aumento de sobrecarga durante a gestação. O método pilates permite trabalhar com o foco nos músculos estabilizadores da coluna, cintura escapular e pelve, torna-se possível prevenir e tratar possíveis desconfortos.

São movimentos de forma controlada e precisa, associados a respiração.

Trabalhados com objetivo de melhorar padrão respiratório, ganho de força e flexibilidade muscular, melhora da postura e equilíbrio corporal.

O centro de forças do corpo recebe atenção especial, os músculos do abdome e assoalho pélvico são focados, auxiliando na estabilização da coluna e aprimorando o equilíbrio corporal.

É indicado atendimento por um profissional da saúde da mulher habilitado devido todas as particularidades da gestação. Os exercícios são todos adaptados para evitar desconfortos e prejuízos.

Além disso, são utilizadas técnicas da Fisioterapia e Exercícios terapêuticos associados ao repertório para potencializar o atendimento.


BABY YOGA
O BABY YOGA é uma maneira deliciosa de voltar a prática de atividade física com a vantagem de poder ter o bebê ao seu lado.

Fortalece o vínculo mamãe/bebê é proporciona relaxamento aos dois. O bebê se distrai, acalma e relaxa com os toques, balanços e músicas e massagens. Já para as mamães, os mesmos movimentos combatem e aliviam o estresse, auxiliam na amamentação, alongam e fortalecem a musculatura da coluna vertebral, assoalho pélvico e abdome.

As posturas são adaptados para que a mamãe e bebê façam uma dupla. A prática pode ser iniciada quando o bebê começa a ficar mais “firme”, a partir dos dois meses e continuar enquanto a dupla funcionar junta, normalmente até quando o bebê começa a engatinhar. E o mais importante: mamãe relaxada e feliz = bebê feliz e tranquilo!

Com atenção especial para a recuperação do parto e do tônus muscular, o Baby Yoga busca posturas específicas para as necessidades da nova mãe e, para isso, não é necessário experiência prévia com o yoga.


DRENAGEM LINFÁTICA PARA MULHERES E GESTANTES
Durante a gravidez ocorre produção hormonal. Isso leva, entre outras coisas, a uma tendência maior na reabsorção do sódio e a uma consequente retenção hídrica, que se traduz em inchaço.

A drenagem linfática é uma massagem com movimentos leves e contínuos que direciona o excesso de líquidos para os gânglios linfáticos, para serem eliminados pelo organizamos, a maior parte pela urina.

Não é recomendado gestantes que apresentem hipertensão não controlada, insuficiência renal, trombose venosa profunda ou alguma doença relacionada ao sistema linfática e de circulação sanguínea.

Ela é recomendada a partir do 3º mês de gestação, sempre com liberação do Obstetra responsável.

Benefícios da drenagem linfática para gestantes:

- Estimula circulação linfática e venosa;
- Diminui inchaços e retenção de líquidos;
- Melhora nutrição de células e a oxigenação dos tecidos;
- Alívio de tensões e dores musculares;
- Promove relaxamento.

A drenagem linfática é indicada no período pós parto também, independente se a via de parto foi vaginal ou cesária, ela auxilia na eliminação de toxinas e excessos de líquido, promovendo conforto, relaxamento e bem estar.


TRATAMENTO DAS DISFUNÇÕES UROGINECOLÓGICAS
É uma especialidade na Saúde da Mulher que atua na prevenção e no tratamento conservador das disfunções urogenitais apresentadas por crianças e adultos.

Atua especificamente na saúde e bem estar da mulher em todas as fases da sua vida. Infância, adolescência, gestação, amamentação, climatério, menopausa, senilidade. A mulher passa por fases da vida com características muito únicas e especiais. Eventualmente, esta mulher apresentará alguma queixa e a fisioterapia possui diversos recursos que podem auxilia-lá na busca por uma melhor qualidade de vida.

As queixas costumam ser mais comuns em idosas, mulheres que passaram por parto vaginal com alguma complicação ou até mesmo em mulheres que praticam atividade física de alto impacto.

Desconfortos como incontinências urinárias, urgências urinárias, fores pélvicas, disfunções sexuais como dores e dificuldade de penetração, prolapsos genitais - “bexiga caída” - geram, na maioria das vezes, um sentimento de vergonha, angústia e consequente diminuição da qualidade de vida.

A fisioterapia tem como objetivo readquirir a função adequada dos músculos do assoalho pélvico e da bexiga.

Existem diversos recursos que podem auxiliar nas sessões para o tratamento: Exercícios Terapêuticos, Biofeedback, Estimulação Elétrica, Termoterapia, Técnicas de massagem, entre outros.


FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA
A fisioterapia respiratória é um recurso complementar muito eficaz no tratamento de uma grande variedade de doenças e acometimentos pulmonares, nas quais existe um certo grau de dificuldade em respirar e/ou se produz um aumento na produção de secreção que obstruem os brônquios.

É especialmente recomendado em algumas doenças pulmonares crônicas como a asma brônquica, a bronquite aguda, o enfisema pulmonar, as bronquiectasias, entre outros.

Importante a procura e a escolha de um Fisioterapeuta especializado para indicação da técnica e exercício adequado para cada paciente, após indicação médica.

Enfermagem

Enfermagem

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia e Obstetrícia

Odontologia

Odontologia

Fisioterapia

Fisioterapia